Repórter vai a abrigo para uma matéria e sai de lá com um amigo adotado

Ele foi ao abrigo para uma reportagem, ganhou um grande abraço e só saiu com um amigo adotado.

Quase sempre, a adoção de um cachorro (ou gato) é uma atitude planejada, uma resposta a uma série de desejos e necessidades. Neste episódio, no entanto, não foi isto que aconteceu. Depois de um gesto de amizade e confiança, a escolha aconteceu naturalmente.

Um repórter foi a um abrigo para uma matéria, ganhou o abraço de um peludo e só saiu de lá com o cachorro ao lado: ele acabara de ganhar um novo amigo.

reporter-vai-a-abrigo-para-uma-materia-e-sai-de-la-com-um-amigo-adotado

Em muitas ocasiões, são os cachorros que escolhem os tutores. Há muitas histórias de humanos seguidos nas ruas por peludos que por fim se decidiram a acolher os animais em casa. Visitas despretensiosas a canis e abrigos também oferecem oportunidades para a geração de novas famílias.

O repórter

O jornalista foi pautado para cobrir a situação de um abrigo. A entidade recebe animais resgatados nas ruas ou entregues pelos antigos tutores, satisfaz as necessidades mais urgentes – alimentação, cuidados básicos de higiene e saúde – e providencia a realocação de cães e gatos em lares provisórios ou definitivos.

Era apenas mais um dia de trabalho. O repórter planejava obter alguns relatos dos funcionários do abrigo, registrar algumas cenas do dia a dia dos animais e entregar o material para ser editado.

Repórter vai a abrigo para uma matéria e sai de lá com um amigo adotado

Logo que o jovem chegou ao canil, no entanto, um dos peludos parece ter tido a atenção despertada. O cachorro passou a seguir o repórter, inicialmente apenas com os olhos. Poucos instantes depois, ele tomou coragem e se aproximou.

A vida do jovem jornalista estava prestes a tomar novos rumos. Ele ainda não sabia, mas um grande amigo estava logo ali ao lado. O cachorro foi chegando mais próximo. Aparentemente, ele estava curioso com uma cara diferente – e alguns equipamentos estranhos.

Os animais do abrigo observavam o repórter de longe, alguns indiferentes; outros, interessados, mas um tanto ariscos. Cães de rua conhecem os perigos que correm e, por isso, raramente chegam perto de humanos.

Repórter vai a abrigo para uma matéria e sai de lá com um amigo adotado

O cachorro, contudo, criou coragem suficiente e colocou-se ao lado do repórter, que, intrigado, deixou por instantes o que estava fazendo para observar o peludo. Em seguida, surgiu o gesto inesperado e apaixonante.

O cachorro se aproximou, levantou-se sobre a perna do repórter e descansou a cabeça junto ao novo amigo. Ele permaneceu ali, quase imóvel, por alguns momentos – tempo mais do que suficiente para despertar a atenção e os bons sentimentos do jovem.

Inicialmente, o jovem ficou confuso, sem conseguir compreender totalmente as intenções do cachorro. Mesmo assim, o repórter não o afastou – ao contrário, o peludo foi incentivado a mostrar os seus sentimentos.

Repórter vai a abrigo para uma matéria e sai de lá com um amigo adotado

As imagens foram capturadas pelas mesmas câmeras que seriam usadas apenas para registrar o cotidiano do abrigo e as condições dos animais que lá viviam. A interação emocionante entre o cachorro e o repórter foram publicadas nas redes sociais e geraram milhares de curtidas, compartilhamentos e comentários.

O cachorro tinha escolhido o seu novo tutor. Restava ao jornalista resignar-se ao “destino” e acolher o novo amigo. Foi exatamente o que ele fez. O peludo ainda o acompanhou pelas dependências do canil, enquanto o jovem completava a matéria.

As imagens

O vídeo tem duração de apenas 30 segundos, mas isto foi tempo suficiente para registrar um dos mais belos abraços já publicados na internet. No final da matéria, o cachorro e o novo tutor partiram para iniciar uma nova etapa na vida de ambos.

Os internautas se apaixonaram pelas imagens, que geraram um longo fio nas redes sociais. Milhares de seguidores acompanharam os desdobramentos da história, que começou com um abraço carinhoso, seguido por alguns tapinhas na cabeça do peludo.

A melhor parte da história ficou para o final. Durante algumas horas, o abraço e a interação amigável entre o repórter e o cachorro foram vistos e acompanhados nas redes sociais, postados em dezenas de páginas diferentes.

A ansiedade e excitação dos internautas foi recompensada com a notícia final: o repórter não resistiu ao afeto canino e resolveu adotá-lo imediatamente. Em pouco tempo, o jovem preencheu a papelada necessária e a dupla saiu do abrigo feliz da vida. É muito provável que o cachorro tenha grandes planos para executar com o seu novo tutor.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Deixe um comentário