Pitbull órfão implora para ser adotado

Este pitbull ficou órfão e implorou, soluçando, para que uma entregadora o adotasse.

Katie Newhouser trabalha como entregadora na UPS há 15 anos e tornou-se amiga de Leo, um simpático pitbull. Sempre que fazia entregas em Rancho Cucamonga, cidade no sul da Califórnia (costa oeste dos EUA), ela era recepcionada pelo cachorro.

Infelizmente, Leo acabou perdendo a tutora. Katie sabia que ele não tinha para onde ir e o destino dos pitbulls nos abrigos oficiais da Califórnia não é exatamente promissor. Além disso, ao ver a entregadora, o cachorro chorou, soluçou e implorou para ser adotado.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Leo e Katie

O peludo já estava acostumado com as visitas da entregadora. Sempre que Katie tinha alguma correspondência para levar àquele condomínio, Leo quase enlouquecia de prazer só de observar o caminhão se aproximando.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Katie disse à imprensa local que não sabia o motivo por que Leo ficava tão feliz sempre que a via. O pitbull deve ter associado a entregadora a alguma situação prazerosa e corria para ela, beijando e lambendo, sempre que o trabalho a levava para Rancho Cucamonga.

Em todas as entregas, depois de cumprimentar a amiga, Leo pulava no caminhão e instalava-se no banco do carona, como se quisesse ser levado para dar uma volta. Mas, como as regras da empresa não permitem, ele apenas ficava ao lado de Katie, curtindo alguns bons momentos – a funcionária da UPS sempre para quando vê um cachorro, para acariciá-lo e brincar um pouco com ele.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

A tutora de Leo era Tina Rummel, com quem Katie tinha se encontrado algumas vezes. Tina morreu subitamente e o parente mais próximo, o filho Canon, estava prestes a engajar-se em uma missão das Forças Armadas americanas, a bordo de um navio.

Durante mais de um ano, o pitbull “recepcionou” a entregadora sempre que ela levava alguma encomenda para o condomínio, sempre alegre e agitado. Com a morte da mãe humana, no entanto, Leo estava praticamente sozinho.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Naquela visita, Katie avistou Canon movendo alguns móveis para fora da casa. A entregadora tinha acabado de voltar das férias e não tinha notícias sobre o condomínio havia algum tempo, mas ela rapidamente percebeu que alguma coisa estava errada.

A princípio, Katie acreditou que a família estava apenas se mudando. Em um dos últimos encontros, Tina tinha comentado que os vizinhos do condomínio estavam reclamando da presença do pitbull, que conseguia escapar e circulava sozinho pelas ruas.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Leo é um cachorro tranquilo e muito sociável, mas a má fama da raça colocava os moradores do condomínio em estado de alerta. Ele é um peludo veloz e expansivo; as pessoas ficavam com medo quando o viam se aproximando.

Katie tentou entrar em contato com Tina, mas as chamadas eram encaminhadas diretamente para a caixa de mensagens. Ao tentar localizá-la no Facebook, a entregadora descobriu o que tinha acontecido: a tutora do Leo estava morta.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Tentando ajudar, a mulher resolveu entrar em contato com Canon. Ela ficou sabendo, então, que ele estava prestes a dar início a um treinamento dos fuzileiros navais dos EUA. Por conta da missão, Leo não tinha onde ficar.

Katie se prontificou a cuidar do pitbull enquanto Canon estivesse embarcado. O rapaz concordou e a entregadora foi buscar o cachorro no primeiro dia de folga que teve. A “melhor amiga” chegou ao condomínio dirigindo o próprio carro, e não o furgão da UPS, mas Leo a reconheceu ainda antes que estacionasse e correu para recebê-la. O pitbull, definitivamente, é um excelente anfitrião.

Leo parecia estar um pouco confuso, mas pulou rapidamente no automóvel de Katie, lambendo e fazendo festa. A amiga estava com carro e roupa diferentes, mas ele certamente reconheceu que era a mesma pessoa que parava todas as vezes para um afago e uma brincadeira.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Katie voltou para casa com o pitbull. Só então ela pensou como introduziria o cachorro: a entregadora vive com outros três cachorros. Como medida de precaução, ela decidiu deixar Leo no quintal e apresentar um animal de cada vez.

A expectativa não durou muito tempo. Os cachorros se cumprimentaram, sentiram o cheiro do novato e em apenas alguns minutos já estavam correndo e brincando pelo quintal da casa. Os três peludos aceitaram Leo de maneira quase instantânea.

Leo estava feliz, mas continuava sentindo a falta de Tina, especialmente à noite, quando a família se preparava para dormir. O pitbull foi se adaptando aos poucos, até que se integrou perfeitamente ao novo lar.

pitbull-orfao-implora-para-ser-adotado
CRÉDITOS: KATIE NEWHOUSER

Quando Canon finalmente encerrou a missão, ele ainda chegou a visitar o cachorro na casa de Katie. Leo o recebeu com muita alegria, apresentou o novo ambiente e os novos irmãos. Estava claro, no entanto, que o pitbull tinha encontrado um bom espaço.

Restava apenas oficializar a transferência. Katie adotou Leo oficialmente e todos ficaram felizes e aliviados. A história da dupla foi contada na página UPS Dogs do Facebook e viralizou rapidamente, conquistando o coração de milhares de internautas.

Veja o vídeo:

Por favor, compartilhe isso com seus amigos e familiares.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Deixe um comentário