Menino se emociona ao reencontrar sua cachorrinha desaparecida: ‘Chorei de felicidade’

Graças à ajuda de um bombeiro, este menino está feliz por ter reencontrado a cachorrinha.

No final de junho de 2022, o universo de um menino de 11 anos se desfez completamente. Naquela manhã, ao acordar, Leandro não encontrou a cachorrinha Mili, que é a sua parceira de todas as horas. A peluda tinha se perdido.

A família de Leandro procurou Mili em todos os cantos da casa. A cachorrinha não estava em nenhum dos seus esconderijos prediletos e, como ela não está acostumada a sair sozinha, os tutores temeram pelo pior.

Por algum motivo desconhecido, a cachorrinha tinha fugido de casa. Ela provavelmente se assustou e acabou correndo para fora quando ninguém estava observando, mas não sabia o que fazer para voltar para as brincadeiras e a segurança proporcionadas por Leandro, o seu melhor amigo.

Menino se emociona ao reencontrar sua cachorrinha desaparecida: 'Chorei de felicidade'
Foto: Arquivo pessoal

O reencontro

Leandro vive com a família em Várzea Paulista, uma cidade de 125 mil habitantes a 45 km de São Paulo. A cachorrinha Mili ficou perdida por dois dias, para desespero do pequeno tutor, que não conseguiu encontrar o animal apesar de todos os esforços.

O pai de Leandro, Kleber da Costa, contou à reportagem que a cachorrinha desapareceu do quintal de casa logo pela manhã, enquanto estava brincando com o outro cachorro de estimação da família.

Mili divide a casa e a vida com a nova família desde que foi resgatada no começo deste ano. O animal havia sido recolhido em uma casa da região, depois que vizinhos denunciaram a prática de maus tratos.

Menino se emociona ao reencontrar sua cachorrinha desaparecida: 'Chorei de felicidade'
Foto: Arquivo pessoal

A família encontrou a cachorrinha no abrigo municipal e rapidamente afeiçoou-se a ela. Mili também estabeleceu vínculos afetivos fortes com todos os humanos da casa, especialmente com o menino, que passa boa parte do tempo livre brincando com ela.

A pet escapou pelo portão do terreno, que estava entreaberto. Leandro percorreu as ruas da vizinhança em busca de Mili, sem sucesso. O pai chegou a circular pelas redondezas com o carro, mas a cachorrinha parecia ter simplesmente evaporado.

Do outro lado de Várzea Paulista, o bombeiro civil Juninho Giugni foi alertado sobre a presença de um cachorro, que estava circulando sozinho nas ruas. O animal parecia estar em boas condições – inclusive, ele estava vestido com um agasalho de inverno novo e limpo.

Era Mili. O bombeiro não tinha recebido nenhuma informação sobre cães perdidos, mas a presença de um animal sozinho e bem cuidado despertou a atenção. Giugni decidiu levar a cachorrinha para casa, na esperança de que os tutores aparecessem.

Menino se emociona ao reencontrar sua cachorrinha desaparecida: 'Chorei de felicidade'
Foto: Arquivo pessoal

O gesto solidário de Giugni acabou garantindo um final feliz. Ele não fazia ideia de que, longe dali, um menino de 11 anos estava desesperado atrás da cachorrinha, mas recolheu Mili na expectativa de descobrir pistas sobre a família.

Enquanto isso, Leandro circulava por metade da cidade, em busca de informações sobre o paradeiro de Mili. Ao mostrar a foto da cachorrinha em um salão de beleza, o dono do estabelecimento reconheceu o animal abrigado por Giugni.

O cabeleireiro entrou em contato com o bombeiro imediatamente. Ao se certificar de que a cachorrinha tinha realmente uma família, que estava aflita procurando informações, Giugni rapidamente levou Mili de volta para casa.

O reencontro de Mili e Leandro foi filmado por um comerciante local e viralizou nas redes sociais. A cachorrinha foi transportada com segurança, em uma viatura da Defesa Civil de Várzea Paulista, até voltar para os braços do tutor.

Menino se emociona ao reencontrar sua cachorrinha desaparecida: 'Chorei de felicidade'
Foto: Arquivo pessoal

Depois que foi resgatada e passou a viver com a família Costa, Mili passou um período se recuperando da violência sofrida anteriormente. O pai de Leandro contou que a cachorra estava muito machucada, especialmente no pescoço, porque passava o dia amarrada por um fio.

Leandro tratou os ferimentos de Mili, deu carinho e atenção. Em pouco tempo, a cachorrinha esqueceu os maus momentos vividos anteriormente e passou a demonstrar todo o amor, gratidão e lealdade pela família que a acolheu.

Durante dois dias, o menino viveu a incerteza: talvez Mili tivesse voltado para o local em que foi machucada, talvez ela estivesse sofrendo. Felizmente, graças ao gesto de bondade do bombeiro Juninho Giugni, ela estava a salvo, pronta para voltar para casa.

O reencontro de Mili e Leandro é um desses momentos mágicos, que nos fazem lembrar sobre as pequenas coisas da vida que realmente importam. Este vídeo mostra a alegria e realça o valor de uma amizade verdadeira.

Veja o vídeo do reencontro emocionante:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Deixe um comentário