Homem se emociona ao reencontrar os seus cachorros perdidos em um abrigo para animais

Perdidos durante alguns dias, o reencontro destes cães com o tutor emocionou a todos.

Os dois cães de Sandy Hernandez desapareceram ao mesmo tempo. Os animais, da raça husky siberiano, pularam a cerca do quintal, resolveram se aventurar pela vizinhança e não conseguiram encontrar o caminho de volta para casa. O tutor ficou arrasado, até se emocionar no reencontro, alguns dias depois.

Hernandez, que mora com a mulher e os dois filhos em North Miami Beach, na Flórida (sudeste dos EUA), passou o fim de semana inteiro à procura dos dois cachorros. Alguns vizinhos afirmaram tê-los visto correndo na rua, mas não souberam dar mais informações sobre o paradeiro.

homem-se-emociona-ao-reencontrar-os-caes-perdidos

A aventura

Os dois huskies siberianos de Hernandez não estão acostumados a passear sozinhos. Eles só saem de casa acompanhados e o tutor não sabe dizer por que eles resolveram se aventurar, pulando a cerca.

Uma possibilidade é que eles tenham avistado um gato – os dois peludos costumam ficar excitados quando um bichano se aproxima do quintal. A outra é que, como os cachorros ainda estão em fase de crescimento, é possível que eles tenham “descoberto” que o muro da casa deixou de ser um obstáculo intransponível.

A história, no entanto, ganhou uma repercussão tremenda. Fotos dos cães desaparecidos foram postadas nas redes sociais, na tentativa de encontrá-los. Até mesmo equipes de reportagem descobriram o drama de Hernandez e acompanharam as buscas de perto.

homem-se-emociona-ao-reencontrar-os-caes-perdidos

O tutor chegou a produzir panfletos com fotos e a descrição dos dois peludos. O homem estava realmente desesperado com a perda: os cães pareciam ter evaporado, sem deixar pistas. Até que alguém pareceu reconhecer os animais das fotos.

Finalmente, chegou uma boa notícia: dois animais com as características dos cães de Hernandez haviam sido recolhidos pelo Miami Dade Animal Services, o serviço de controle de animais do condado em que a família vive.

O morador da região que viu os panfletos havia encontrado Ragnar e Kloud, os dois huskies siberianos da família Hernandez. Observando que os animais estavam bem cuidados e pareciam assustados com o movimento de pessoas e carros, o homem conseguiu atraí-los, levando-os em seguida para o abrigo.

Na entidade de defesa dos animais, os tratadores verificaram que os cães portavam placas de identificação na coleira, com informações de contato dos tutores. O diretor do Animal Services entrou em contato com Hernandez, que rapidamente se dirigiu ao abrigo.

O tutor correu para o abrigo, mas, ao chegar, foi informado de que Ragnar e Kloud estavam posando para fotos – que seriam usadas também na tentativa de encontrar a família, ou, em caso contrário, na localização de candidatos à adoção.

homem-se-emociona-ao-reencontrar-os-caes-perdidos

O Animal Services de Miami organiza sessões de fotos regularmente, para aumentar as chances de adoção dos cães resgatados. Os animais são clicados em pontos turísticos de Miami, por fotógrafos americanos famosos que fazem o trabalho gratuitamente.

Na ocasião, Ragnar e Kloud, junto com outros cães, estavam na Ocean Drive, a avenida da praia da cidade. Hernandez foi até o local informado pelo abrigo, mal conseguindo conter a expectativa. O reencontro foi filmado.

Logo à chegada, pode-se ouvir Hernandez gritando: “Estes são os meus cachorros, cara. São os meus cachorros!”. O tutor corre na direção dos filhos de quatro patas, já sem conseguir conter as lágrimas de emoção.

O choro também contagiou os funcionários do Animal Services e a equipe da sessão de fotos. A emoção do reencontro foi geral. Hernandez ajoelhou-se no chão e abraçou os cachorros. Ragnar e Kloud igualmente demonstraram muita satisfação ao rever o amigo humano.

Depois da emoção do reencontro, o tutor explicou: “Ragnar e Kloud têm 11 meses. Eles pularam a cerca em casa. Eu os perdi na sexta-feira à noite e estive procurando por eles durante o fim de semana todinho”.

homem-se-emociona-ao-reencontrar-os-caes-perdidos

Hernandez pôde levar os cães sem problemas. Ele comprovou a posse dos animais com certificados de nascimento, comprovantes de vacinação e fotos de Ragnar e Kloud. Na tarde de domingo, os dois peludos já estavam de volta à casa.

Mas, por via das dúvidas, o tutor decidiu tomar algumas providências. Os dois huskies siberianos receberão, nos próximos dias, microchips subcutâneos de identificação. Além disso, Hernandez está estudando uma forma de aumentar a altura da cerca do quintal.

Se, ainda adolescentes, Ragnar e Kloud conseguiram pular o muro, é melhor garantir que o obstáculo seja intransponível mesmo quando eles chegarem ao porte de adultos, que ainda deve demorar alguns meses.

Vídeo do momento do reencontro:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Deixe um comentário