Homem resgata cachorrinho com fome, frio e dor e o leva para casa

Este vídeo mostra o resgate de um cachorrinho que foi encontrado quase à morte.

Um vídeo postado pela Kitten is a Life (“um gatinho é uma vida”, em português) está emocionando internautas do mundo inteiro. Apesar do nome da organização de defesa, a “estrela” do vídeo é um cachorrinho. Ele está com fome, frio e sente muita dor.

O material, publicado no canal do Youtube da ONG, já foi acessado por quase três milhões de usuários. Quase 105 mil deles deixaram um “like” e nove mil internautas comentaram sobre a história do resgate. Um deles escreveu: “Se você resgata um filhote, você não muda o mundo, mas o mundo desse filhote estará transformado para sempre”.

homem-resgata-cachorrinho-com-fome-frio-e-dor

O vídeo

Infelizmente, os responsáveis pela publicação não conseguiram identificar o herói da história. A informação é bastante imprecisa: fala-se apenas que um cachorrinho foi resgatado em uma aldeia no norte da África, com fome, sede e dor.

A informação não ajuda muito. Mais de 4,6 mil quilômetros separam os montes Atlas, no Marrocos (noroeste do continente), e o mar Vermelho, que divide o Egito e o Sudão, no leste da África, e a Arábia Saudita, no Oriente Médio, já na Ásia.

A ONG que postou o material é americana – e os americanos não costumam ser muito precisos ao falarem de regiões fora do “Ocidente”. Mesmo assim, o vídeo é emocionante e deve inspirar muitas pessoas, no mundo inteiro, incentivando-as a resgatar e salvar cães e gatos de rua.

A descrição

No vídeo, um homem, “morador de uma aldeia no norte da África”, estava passando por uma estrada deserta, à noite, quando ouviu o choro de um cachorro. Pelos sons captados, tratava-se de um filhote.

O responsável pelo resgate estava voltando para casa. Ele seguiu os sons e deparou-se com um filhote de cachorro amarelo. O choro do animal, vindo da beira da estrada, era de partir o coração de qualquer um.

homem-resgata-cachorrinho-com-fome-frio-e-dor

Seguindo os gritos e ganidos, o homem encontrou um cachorrinho se contorcendo, gemendo de dor. Ele estava abandonado. O responsável pelo resgate não conseguiu encontrar outros animais por perto – ele imaginou que a mãe e os irmãozinhos de ninhada talvez estivessem nas proximidades.

O cachorrinho observou o estranho que se aproximava, mas apenas deitou-se no chão, choramingando. O homem aproximou-se e ofereceu um pouco de comida, que carregava na mochila. O filhote devorou o alimento rapidamente, sem nem mesmo engolir.

Era um filhote indefeso. Cães e gatos costumam se aproximar com cautela quando descobrem algum tipo de comida. Primeiro, eles farejam a “presa” cuidadosamente, para verificar se não há armadilhas e venenos. Só depois é que eles devoram o alimento.

homem-resgata-cachorrinho-com-fome-frio-e-dor

O cachorrinho, no entanto, não tomou nenhuma precaução. Ele estava com fome e certamente ainda não havia desenvolvido nenhuma estratégia de autodefesa. Ele continuava com frio e sentindo dor, mas um dos seus problemas estava resolvido.

O homem que cuidou do animal poderia simplesmente ter seguido o seu caminho, satisfeito por ter auxiliado um cãozinho em apuros. Mas ele sabia que o peludinho precisava de mais ajuda e dificilmente resistiria à madrugada fria, sem a proteção da mãe.

O herói do dia resolveu fazer tudo o que estava ao seu alcance. Depois de ganhar a confiança do cãozinho – o que não foi difícil, já que o animal estava sozinho e totalmente indefeso – o salvador decidiu levar o pequeno para casa.

Ainda havia um problema. O cãozinho já estava resgatado, a salvo dos perigos mais urgentes, mas o resgatador dividia a casa com outros dois animais: um gato amarelo e branco, já adulto, e outro cachorrinho filhote. Ele não podia prever qual seria a reação dos outros moradores.

O vídeo mostra momentos realmente emocionantes. O tutor coloca o novo companheiro junto aos dois amigos de quatro patas. O gato se mostra um pouco distante inicialmente, mas o filhote preto e branco imediatamente dá as “boas-vindas” ao amiguinho indefeso.

Aparentemente, o filhote mais velho sabia que precisava ganhar a confiança do gato – que parece ser o “chefe do grupo”. O cãozinho preto e branco aninhou-se com o novo amigo, lambeu e cheirou, mas tentou atrair o gato.

O humano ofereceu mais comida para o recém-chegado, que devorou mais um prato – ele estava realmente faminto e talvez as dores que demonstrava resultassem apenas de um período prolongado de jejum.

Depois de alimentado, o cãozinho foi aconchegado em uma cesta quente e confortável, ao lado do irmão preto e branco. O gato rapidamente se juntou à dupla, lambendo os dois filhotes: “os rituais de aceitação” do novo membro da família estavam completos.

O apoio do gato sênior e do filhote preto e branco, já adaptado à rotina da casa, parece ter sido suficiente para o novo cãozinho se sentir em casa. Em poucos minutos, é possível observar o trio dormindo juntos, reconfortados e felizes.

Cães e gatos precisam de muito pouco para serem felizes: atenção, carinho, comida, brincadeiras e apoio para curar doenças e traumas. Quase todos nós somos capazes de oferecer isso. Quem puder, deve copiar o gesto do morador de “uma aldeia no norte da África”. Faz bem para o coração.

Vídeo do momento do resgate:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Deixe um comentário