Cachorro chora ao reencontra a mãe adotiva, uma vaca que o criou

Ele chorou de alegria ao reencontrar a mãe adotiva. Uma vaca foi ama de leite deste cachorro.

Quem acredita que o amor é um atributo exclusivo dos humanos precisa pensar duas vezes. Esta é a história de Rookie, um cachorro órfão que foi adotado por uma vaca, mas teve de ser separado da mãe adotiva. O reencontro mostra que os laços de afeto entre mãe e filho são profundos e sólidos.

Rookie nasceu em uma fazenda e perdeu a mãe biológica muito cedo. Com medo, fome e frio, o filhote se aproximou do rebanho e uma das vacas desenvolveu um afeto especial por ele. O cachorro passava o dia inteiro com a mãe adotiva, mamando, subindo nas costas, brincando com o rabo e até mesmo dormindo de conchinha.

cachorro-reencontra-a-mae-adotiva_-uma-vaca
Foto: Reprodução Youtube

A vaca marrom retribuiu o amor de Rookie. Ela se dividia entre as atenções com o seu bezerro e o cachorrinho, gastando horas para lamber o pelo do filho improvisado, acariciando e aquecendo o filhote. Entre todas as demais, a bovina demonstrava profunda afeição.

A separação

O fazendeiro, porém, precisava dar continuidade aos negócios da propriedade e, por isso, a vaca foi vendida a um vizinho. De um momento para outro, Rookie se viu sem a companhia da mãe adotiva.

cachorro-reencontra-a-mae-adotiva_-uma-vaca
Foto: Reprodução Youtube

O cachorrinho foi separado da vaca e ficou extremamente perturbado com a situação. Na verdade, o coração de Rookie ficou partido. Ele demonstrou todos os sinais de luto e até mesmo lágrimas pareciam brotar dos seus olhos.

A separação inicial, no entanto, foi de curta duração. Certa manhã, Rookie ouviu alguns mugidos familiares – ele sabia exatamente quem era a autora desses sons e saiu desesperado pelo curral e o pasto, à procura da mãe adotiva.

cachorro-reencontra-a-mae-adotiva_-uma-vaca
Foto: Reprodução Youtube

A vaca marrom, por seu lado, não parava de vocalizar, tentando guiar o cachorrinho até ela. Rookie passou pela porteira, deixou a propriedade e partiu em busca da mãe, que orientou o filho improvisado até que eles finalmente se reunissem.

O fazendeiro seguiu atrás do cachorro, tentando atraí-lo sem sucesso. Rookie só parou diante de um celeiro na propriedade ao lado. Ele estava muito excitado e, ao visualizar a figura da mãe, correu ao seu encontro latindo e celebrando.

cachorro-reencontra-a-mae-adotiva_-uma-vaca
Foto: Reprodução Youtube

Rookie não queria parar de lamber o rosto da mãe, demonstrando toda a alegria por revê-la, depois de ter acreditado que ela estava perdida para sempre. O novo dono da vaca, no entanto, reconheceu o peludo e levou-o de volta ao tutor.

De volta à fazenda, mas sem a companhia da mãe adotiva, Rookie se mostrou ainda mais ansioso do que antes do breve reencontro. Ele passou a exibir sinais de depressão: não brincava nem se alimentava e o único lugar que procurava era a antiga baia da vaca, onde parecia se sentir mais tranquilo e relaxado.

cachorro-reencontra-a-mae-adotiva_-uma-vaca
Foto: Reprodução Youtube

A vaca, por seu lado, também exibia sintomas de tristeza – ela chegou até a ter reduzida a produção de leite. Por fim, os dois fazendeiros ficaram sensibilizados com a situação e decidiram que não poderiam deixar os dois animais separados.

O antigo dono da vaca marrom renegociou o bovino, levando-o de volta para a fazenda, para felicidade de Rookie. Mesmo precisando enfrentar algumas dificuldades financeiras, ele percebeu que não podia deixar mãe e filho separados – mesmo sendo de espécies tão diferentes.

cachorro-reencontra-a-mae-adotiva_-uma-vaca
Foto: Reprodução Youtube

O retorno da mãe adotiva e a reunião com Rookie foram filmados e postados nas redes sociais. As imagens foram curtidas e compartilhadas por milhares de internautas em diversos pontos do planeta.

A história de Rookie e sua mãe fizeram muito sucesso até mesmo no Kritter Klub, um site sul-coreano que divulga histórias sobre animais de estimação. No país asiático, o vídeo do reencontro foi visualizado por mais de um milhão de usuários da internet.

Adoções entre espécies

Mães das mais diversas espécies têm adotado filhotes órfãos em diversas épocas e locais. Mesmo em residências urbanas, é frequente o relato de histórias sobre cadelas e gatas que adotaram filhos que perderam o “ninho original”.

Na Índia, por exemplo, outra vaca fez demonstrações do mais puro amor materno ao adotar não apenas um, mas sete cachorrinhos. O caso aconteceu em Lingasugur, no sul do país. A mãe biológica morreu pouco depois do parto.

Hanumantha Saali, um agricultor local, começou a alimentar os recém-nascidos com fórmulas especiais, mas em poucas horas uma de suas vacas tomou para si a responsabilidade. Ela não apenas amamenta, mas aquece os filhotes, encoraja as brincadeiras e defende “a cria” com muita bravura.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Deixe um comentário